Fique por dentro do Cursinho da Poli



Ir Além

Setembro Amarelo: Mês da prevenção ao suicídio



No Brasil há um suicídio a cada 45 minutos. Os dados mundiais indicam que ocorre uma tentativa a cada três segundos e um suicídio a cada 40 segundos. No total, chega-se a 1 milhão de suicídios no mundo todos os anos. Provocar o fim da própria vida está entre as principais causas das mortes entre jovens, de 15 a 29 anos, e também de crianças e adolescentes.

Apesar de números tão alarmantes, o assunto muitas vezes ainda é tratado como tabu. Evita-se falar sobre isso e, quem sofre, muitas vezes não sabe como pedir ajuda. Esse silêncio só colabora para o aumento dos casos.

Diante desse cenário, Organização Mundial da Saúde (OMS) definiu que a data de 10 de Setembro é o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio. Há quatro anos a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM), promove a campanha nacional do Setembro Amarelo para conscientizar a população sobre a importância da prevenção do suicídio.

É muito difícil uma pessoa buscar ajuda quando ela sequer sabe que pode ser ajudada, e que  essa situação é mais comum do que ela imagina. Existe uma saída, um recomeço. Nesse sentido, ressaltamos a importância do diálogo e da empatia – conceitos primordiais levantados também pelo CVV – Centro de Valorização da Vida, que promove atividades da campanha há dois anos no Brasil. Além disso, a instituição sem fins lucrativos atua diariamente no acolhimento de pessoas que precisam conversar. Afinal, se falar é a melhor solução, ouvir é o melhor remédio. 

Caso sinta vontade de conversar, ligue 188 ou acesse www.cvv.org.br.


Voltar


Categorias em Destaque

Arquivo


Pesquise o que procura